Fraternidade São Francisco de Assis

Fraternidade de São Francisco de Assis

Rua Costa Ferraz, 38, Rio Comprido, RJ
Tel: 2273-9761 / 2273-8387
e-mail: ofs.riocomprido@hotmail.com

Erigida Canonicamente em 1º de julho de 1967



Nossos encontros fraternos acontecem nos 2º e 4º domingos do mês, de 08:30 às 12:00 horas. Nos reunimos em nossa Sede após a Missa das 08:30 nos 2º domingos e nos 4º domingos nos reunimos em nossa Sede às 08:30 e às 11 horas temos a Santa Missa.

segunda-feira, 2 de agosto de 2010

NOSSA SENHORA DOS ANJOS DA PORCIÚNCULA



NOSSA SENHORA DOS ANJOS DA PORCIÚNCULA
Lucas 1, 26-33

O mensageiro divino chega perto do coração de uma mulher de Nazaré chamada Maria. Pede seu coração e seu sim. Quer que ela,  cheia de graça, se alegre porque o Senhor fará nela maravilhas.
Havia, na planície de Assis, nos tempos da Idade Média, uma minúscula capelinha em honra da Senhora dos Anjos. O terreno e a ermida pertenciam aos beneditinos do Monte Subásio.  Francisco de Assis, o Francisco da vida nova e dos irmãos verdadeiramente irmãos, ganhou a capelinha como um presente... Restaurou-a e ali passou a ter um ponto fixo em suas andanças e nas andanças dos irmãos. Um padre idoso leu  ali, no decorrer  da missa, o evangelho do envio dos apóstolos pelo mundo.  Já com o coração cheio do fogo de Deus  Francisco queria ver claro por onde caminhar.  Na capelinha da Mãe de Deus, da Senhora dos Anjos,  compreendeu que deveria ir pelo mundo afora, sem títulos, simples e pobremente e anunciando a  beleza da boa nova.  Francisco e seus irmãos se tornaram missionários ouvindo o evangelho da missão na capela da Mãe dos Anjos. Francisco sempre atribuiu a graça da descoberta de sua vocação/missão à Senhora dos Anjos.
Em cabanas simples e modestas residências, Francisco  e os frades moravam na terra santa da Porciúncula. Ali se vivia intensamente a pobreza e o fraternismo, sempre sob o olhar da mãe de Deus. Ali, numa noite de Domingo de Ramos, chegou uma bela mulher de Assis, nobre de coração, clara de nome, a irmã Clara. Francisco  e seus irmãos a receberam e a associaram ao seu projeto de vida.
Ela chega, é recebida como irmã e passa a dar um rosto feminino ao projeto dos penitentes de Assis.
Ao redor da capela da Senhora dos Anjos, os irmãos que já eram milhares espalhados pelo mundo inteiro, se reuniam em capítulos, encontros fraternos para falar de suas coisas, colocarem em comum suas experiências, tomarem decisões a respeito do futuro de suas fraternidades. Sempre junto da Porçãozinha (Porciúncula), naquele lugar onde, segundo a tradição, os anjos costumavam se fazer presentes.
Francisco conseguiu do Papa para a Porciúncula a indulgência plenária.  Fala-se do perdão de Assis.  Neste dia 2 de agosto, as pessoas podem lucrar o perdão total de todos os resquícios do pecado. É a indulgência da Porciúncula. Tomás de Celano, biógrafo de Francisco , diz que assim o santo Pai falou aos seus: “Vede, filhos, não abandoneis este lugar. Se fordes expulsos por uma porta, entrai por outra; pois este lugar verdadeiramente é santo e morada de Deus. Quando éramos poucos, o Altíssimo aqui aumentou o nosso número; aqui iluminou os coração de seus pobres com a luz da sua sabedoria; aqui inflamou nossas vontades no fogo de seu amor. Quem orar aqui de coração devoto, obterá o que pedir,  e quem pecar será punido mais gravemente. Considerai, portanto, filhos o lugar da morada de Deus digno de toda honra e de todo o coração, com exultação e louvor ali louvai a Deus” .

Nenhum comentário:

Postar um comentário