Fraternidade São Francisco de Assis

Fraternidade de São Francisco de Assis

Rua Costa Ferraz, 38, Rio Comprido, RJ
Tel: 2273-9761 / 2273-8387
e-mail: ofs.riocomprido@hotmail.com

Erigida Canonicamente em 1º de julho de 1967



Nossos encontros fraternos acontecem nos 2º e 4º domingos do mês, de 08:30 às 12:00 horas. Nos reunimos em nossa Sede após a Missa das 08:30 nos 2º domingos e nos 4º domingos nos reunimos em nossa Sede às 08:30 e às 11 horas temos a Santa Missa.

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Nota de Falecimento - Frei Clemente


Frei Clemente Kesselmeier
* 12/11/1934              † 06/06/2011
Dados pessoais e formação
• Nascido aos 12.11.1934, em Dortmund, na Alemanha (76 anos);
• 22.12.1956 - admissão ao Noviciado, em Rodeio – SC;
• 23.12.1957 – primeira profissão (53 anos de Vida Franciscana);
• 1958 – 1959 – estudos de Filosofia, em Curitiba, PR;
• 1960 – 1963 – estudos de Teologia, em Petrópolis, RJ;
• 23.12.1960 – profissão solene;
• 15.12.1961 – ordenação diaconal, em Petrópolis, RJ.
• 15.12.1962 – ordenação presbiteral, Petrópolis (48 anos de Vida Sacerdotal);
• 1964 - Rio de Janeiro / Santo Antônio Pastoral.
• 1965 - 15/01 – Ituporanga - discreto.
• 1965 - 30/03 - Porto União – discreto.
• 1968 - 02/09 - Rio de Janeiro / Ipanema
• 1984 - 19/09 - Rio de Janeiro / Santo Antônio - atendimento conventual.
Frei Clemente faleceu às 3h15 desta manhã de segunda-feira, 6 de junho, no Hospital Israelita Albert Sabin, no Rio de Janeiro, onde, no dia 20 de abril, havia sido operado para retirada de tumor maligno no intestino. No último final de semana, Frei Clemente foi internado na UTI do mesmo hospital, após constatação de necrose nas artérias do intestino. Foi assim que Frei Clemente descreveu o diagnóstico de sua doença, no dia 25 de março: “Três meses atrás apareceu no reto uma lesão necrosada de 8 cm, constatada pela colonoscopia. Médicos especialistas aconselharam rádio e quimioterapia. Fiz 28 sessões de radioterapia e 9 de quimioterapia. A grande graça em busca da saúde: paciência e perseverança, confiança no cuidado amoroso de Deus, na competência dos médicos e nas defesas naturais do corpo. Um mês após a última radioterapia: Nova avaliação: ressonância magnética – um verdadeiro bombardeio nos ouvidos. Recitei mantras para superar: Deus me ama como ninguém e tudo acontece para meu bem! Resultado: Boas notícias – tumor reduzido para três centímetros, mesmo assim talvez a operação seja necessária. Aconteceu o imprevisível: formigamento e queimação nos pés, fraqueza generalizada nas pernas. Provavelmente neuropatia em consequência da quimioterapia, estamos em fase de investigação. Canto todas as manhãs: “Eu confio em Nosso Senhor, com Fé, Esperança e Amor”. Rezemos uns pelos outros para conservar a saúde”.
Frei Clemente será velado no Convento Santo Antônio e será enterrado no cemitério dos frades, no mesmo convento, às 16h30 de hoje.
Abaixo biografia retirada do site da Província
• Frei Clemente, gêmeo, terceiro filho de uma família de seis irmãos, nasceu em Dortmund, Alemanha, em 12 de novembro de 1934 e foi batizado com o nome de Clemens Kesselmeier.
• Aos dez anos viu sua cidade natal ser destruída pela segunda guerra mundial.
• Aos quinze anos, em visita, de moto, com seu irmão gêmeo, ao túmulo de São Francisco de Assis, optou pela vida franciscana, descobrindo assim sua vocação de viver como irmão, amigo, próximo de todos, no meio do povo, para o povo, com o povo de Deus.
• Aos vinte anos, após ver o filme "Rio, tu poderias ser meu destino" ficou fascinado pela beleza e impressionado pela miséria do Rio de Janeiro e, em outubro de 1955, chegava ao Brasil como seminarista da Província Franciscana Imaculada Conceição do Brasil.
• Em 15 de dezembro de 1962, ordenava-se sacerdote.
• Trabalhou em Ituporanga, Santa Catarina; transferido para o Convento de Santo Antônio, no Rio de Janeiro, trabalhou dezoito anos na Paróquia de Nossa Senhora da Paz, em Ipanema, tornando-se um dos padres mais conhecidos e populares da zona Sul. Foi também capelão do Convento das Clarissas, na Gávea.
• Além de sacerdote, pintor, poeta e escritor, foi um profeta que anunciava as maravilhas de Deus e denunciava os males que se opõem ao dom da vida.
• Procurado por abordar temas da atualidade, valorizava sempre o lado afetivo, familiar, espiritual e social do ser humano.
• Com tendência natural para reflexão poética, desenvolveu esse lado. Escreveu dois livros de poesia, "Nascer e Renascer" e "O Espaço da Esperança".
• Seu livro "Você Pode Viver em Plenitude" lançado em setembro de 1997 encontra-se na sexta edição; um outro livro "Você Pode Ser Feliz, Hoje" com cem pensamentos, lançado em maio de 1998, encontra-se na décima edição, "Você Pode Fazer Maravilhas", lançado em dezembro de 1998 acha-se também na décima edição. Na festa de São de Francisco, em 1999 lançou "Você Pode Ser Criança", hoje na décima segunda edição. Na trezena de Santo Antônio de 2000, lançou Você Pode Amar Plenamente, na sexta edição e em dezembro de 2001 lançou Você Pode Viver Com Mais Prazer, atualmente na terceira edição. O livro “Você Pode Viver o Pai Nosso”, lançado em maio de 2003 encontra-se também na terceira edição. O livro, ”Você Pode Viver Encantado” foi lançado em novembro 2004, nas comemorações de seus setenta anos numa exposição de seus quadros no Centro Cultura Itaipava, na Lagoa e “Você Pode Viver Mais Feliz com Deus” em 2006, nas comemorações de seus 50 anos de vida religiosa. Na trezena de 2008, lançou “Você Pode Cantar Parabéns Para Você” e em junho de 2009, lançou “Você Pode Beber da Fonte Rezando”.
• Como pintor participou de diversas exposições individuais e coletivas no Brasil e na Europa.
• Possuidor de extrema jovialidade e excelente dom da comunicação participou cinco vezes do programa do Jô Soares, compareceu a debates e entrevistas nas redes Manchete, CNT, Globo-News, TVE, Globo, Rede Vida, e radio Tupi, Nacional e Catedral e teve artigos e reportagens publicados nos jornais O Globo, Jornal do Brasil e O Dia.
• Em maio de 1998 recebeu a Medalha Pedro Ernesto, concedida pela Câmara Municipal do Rio de Janeiro.
• Em maio de 2003 recebeu o Prêmio Lions Cultura.
• Por usar a palavra com grande virtuosidade era requisitado para palestras para gerentes do Banco do Brasil, funcionários da Vale do Rio Doce, Instituto de Resseguros do Brasil e Bolsa de Gêneros Alimentícios, Assembleia Legislativa. Viajava pelo Brasil visitando comunidades para despertar o "gigante adormecido" que é a Igreja Católica, defendendo como Francisco de Assis os pequenos, humildes e pobres.
Veja também o site:http://www.freiclemente.com.br/

*****************************************************************************
 
Notícia do site do Convento de Santo Antonio


Pintor, poeta e escritor, falece no Rio de Janeiro Frei Clemente Kesselmeier
 

Frei Clemente faleceu às 3h15 desta manhã de segunda-feira, 6 de junho, no Hospital Israelita Albert Sabin, no Rio de Janeiro, onde, no dia 20 de abril, havia sido operado para retirada de tumor maligno no intestino. No último final de semana, Frei Clemente foi internado na UTI do mesmo hospital, após constatação de necrose nas artérias do intestino. Foi assim que Frei Clemente descreveu o diagnóstico de sua doença, no dia 25 de março: “Três meses atrás apareceu no reto uma lesão necrosada de 8 cm, constatada pela colonoscopia. Médicos especialistas aconselharam rádio e quimioterapia. Fiz 28 sessões de radioterapia e 9 de quimioterapia. A grande graça em busca da saúde: paciência e perseverança, confiança no cuidado amoroso de Deus, na competência dos médicos e nas defesas naturais do corpo. Um mês após a última radioterapia: Nova avaliação: ressonância magnética – um verdadeiro bombardeio nos ouvidos. Recitei mantras para superar: Deus me ama como ninguém e tudo acontece para meu bem! Resultado: Boas notícias – tumor reduzido para três centímetros, mesmo assim talvez a operação seja necessária. Aconteceu o imprevisível: formigamento e queimação nos pés, fraqueza generalizada nas pernas. Provavelmente neuropatia em consequência da quimioterapia, estamos em fase de investigação. Canto todas as manhãs: “Eu confio em Nosso Senhor, com Fé, Esperança e Amor”. Rezemos uns pelos outros para conservar a saúde”.
Frei Clemente será velado no Convento Santo Antônio e será enterrado no cemitério dos frades, no mesmo convento, às 16h30 de hoje.
Abaixo biografia retirada do site da Província
    • Frei Clemente, gêmeo, terceiro filho de uma família de seis irmãos, nasceu em Dortmund, Alemanha, em 12 de novembro de 1934 e foi batizado com o nome de Clemens Kesselmeier. • Aos dez anos viu sua cidade natal ser destruída pela segunda guerra mundial. • Aos quinze anos, em visita, de moto, com seu irmão gêmeo, ao túmulo de São Francisco de Assis, optou pela vida franciscana, descobrindo assim sua vocação de viver como irmão, amigo, próximo de todos, no meio do povo, para o povo, com o povo de Deus. • Aos vinte anos, após ver o filme "Rio, tu poderias ser meu destino" ficou fascinado pela beleza e impressionado pela miséria do Rio de Janeiro e, em outubro de 1955, chegava ao Brasil como seminarista da Província Franciscana Imaculada Conceição do Brasil. • Em 15 de dezembro de 1962, ordenava-se sacerdote. • Trabalhou em Ituporanga, Santa Catarina; transferido para o Convento de Santo Antônio, no Rio de Janeiro, trabalhou dezoito anos na Paróquia de Nossa Senhora da Paz, em Ipanema, tornando-se um dos padres mais conhecidos e populares da zona Sul. Foi também capelão do Convento das Clarissas, na Gávea. • Além de sacerdote, pintor, poeta e escritor, foi um profeta que anunciava as maravilhas de Deus e denunciava os males que se opõem ao dom da vida. • Procurado por abordar temas da atualidade, valorizava sempre o lado afetivo, familiar, espiritual e social do ser humano. • Com tendência natural para reflexão poética, desenvolveu esse lado. Escreveu dois livros de poesia, "Nascer e Renascer" e "O Espaço da Esperança". • Seu livro "Você Pode Viver em Plenitude" lançado em setembro de 1997 encontra-se na sexta edição; um outro livro "Você Pode Ser Feliz, Hoje" com cem pensamentos, lançado em maio de 1998, encontra-se na décima edição, "Você Pode Fazer Maravilhas", lançado em dezembro de 1998 acha-se também na décima edição. Na festa de São de Francisco, em 1999 lançou "Você Pode Ser Criança", hoje na décima segunda edição. Na trezena de Santo Antônio de 2000, lançou Você Pode Amar Plenamente, na sexta edição e em dezembro de 2001 lançou Você Pode Viver Com Mais Prazer, atualmente na terceira edição. O livro “Você Pode Viver o Pai Nosso”, lançado em maio de 2003 encontra-se também na terceira edição. O livro, ”Você Pode Viver Encantado” foi lançado em novembro 2004, nas comemorações de seus setenta anos numa exposição de seus quadros no Centro Cultura Itaipava, na Lagoa e “Você Pode Viver Mais Feliz com Deus” em 2006, nas comemorações de seus 50 anos de vida religiosa. Na trezena de 2008, lançou “Você Pode Cantar Parabéns Para Você” e em junho de 2009, lançou “Você Pode Beber da Fonte Rezando”. • Como pintor participou de diversas exposições individuais e coletivas no Brasil e na Europa. • Possuidor de extrema jovialidade e excelente dom da comunicação participou cinco vezes do programa do Jô Soares, compareceu a debates e entrevistas nas redes Manchete, CNT, Globo-News, TVE, Globo, Rede Vida, e radio Tupi, Nacional e Catedral e teve artigos e reportagens publicados nos jornais O Globo, Jornal do Brasil e O Dia. • Em maio de 1998 recebeu a Medalha Pedro Ernesto, concedida pela Câmara Municipal do Rio de Janeiro. • Em maio de 2003 recebeu o Prêmio Lions Cultura. • Por usar a palavra com grande virtuosidade era requisitado para palestras para gerentes do Banco do Brasil, funcionários da Vale do Rio Doce, Instituto de Resseguros do Brasil e Bolsa de Gêneros Alimentícios, Assembleia Legislativa. Viajava pelo Brasil visitando comunidades para despertar o "gigante adormecido" que é a Igreja Católica, defendendo como Francisco de Assis os pequenos, humildes e pobres. Veja também o site: http://www.freiclemente.com.br/

10 comentários:

  1. Frei Clemente, você plantou amor por onde passou
    seu sorriso de menino aconchegou e acalentou milhões de corações com doçura e otimismo.
    Siga em paz grande amigo, que Deus lhe receba e aconchegue nos braços com o amor que êle o Pai Maior lhe inspirou na missão que você desenvolveu com alegria fé coragem e determinação.
    Que a luz luz que um dia vi em seus olhos continue brilhando entre nós para todo sempre como a mais linda e fulgurante estrela no infinito.Obrigada por ter tido a honra de poderdesfrutar de sua amizade, obrigada por tudo querido amigo.
    Vera Lucia de Oliveira

    ResponderExcluir
  2. Frei Clemente, você foi um grande homem que ensinou a religião Católica de maneira simples e bonita, com alegria e amor.
    Que sua luz possa iluminar nossas vidas.
    Continuo te gostando muito...
    Leila Regina Balliester Leite

    ResponderExcluir
  3. Frei Clemente!
    Amava a todos, mas conhecia a mulher com toda sua essência! Tinha sempre uma palavra amiga e confortante para os casais!
    Padre da família e amado por todos nos!
    Me sinto orfã de sua paz e de seu carinho....meu coração chora....vai em paz!

    ResponderExcluir
  4. Frei Clemente fez o batizado dos meus gêmeos de 4 anos e do meu sobrinho. Tão alegre e bom... mas agora vai alegrar o céu. Vá em paz. Lucianne

    ResponderExcluir
  5. Era a maior alegria quando nos visitávamos na empresa a qual eu trabalho.Ele sempre buscou a união e a paz!!
    "Em seu nascimento enquanto você chorava, todos riam de alegria.Na sua morte enquanto todos choram, você sorri por estar ao lado de Deus."
    Descanse em paz e alegre o céu...

    ResponderExcluir
  6. Agradeço a Deus por ter tido a oportunidade de ouvir suas palavras sempre tão inspiradas na capela das irmãs Clarissas. Soube da notícia somente hoje, na missa de Santo Antônio. Que os anjos o acolham e usufruam de sua presença tão especial.

    ResponderExcluir
  7. Único. Frei Clemente é alegria, doçura, luz,energia, encanto, poesia, vida, amor, carinho! Ajudou a muitos aqui na terra com suas palavras sábias de luz.. Sempre me sentia mais feliz depois de ouví-lo. Com certeza lá no céu estará distribuindo amor e encanto. Sempre estará no meu coração.. Que Deus ilumine seus caminhos no céu...

    ResponderExcluir
  8. Frei Clemente trabalhou aqui em Porto União-SC em 1965 quando eu tinha 10 anos e fazia parte da Cruzada Eucaristica.Pessoa maravilhosa que deixou muitas saudades quando deixou nossa cidade.Inesquecível!

    ResponderExcluir
  9. Foi ele que celebrou meu casamento há 25 anos atrás. Foi uma linda cerimonia!

    ResponderExcluir
  10. O Céu está em festa pela chegada do nosso querido Frei Clemente, mas impossível não ficarmos tristes, ele falou que realizaria o meu casamento e realizou, quando esteve pela última vez em Curitiba/Pr. Pena que não deu tempo de ir visitá-lo no Rio e buscar o quadro que ele disse ter pintado para mim...Fica Com Deus e com Nossos Santo Antonio e São Francisco que o Sr tanto amou, hoje eles são seus companheiros aí no Céu!

    ResponderExcluir