Fraternidade São Francisco de Assis

Fraternidade de São Francisco de Assis

Rua Costa Ferraz, 38, Rio Comprido, RJ
Tel: 2273-9761 / 2273-8387
e-mail: ofs.riocomprido@hotmail.com

Erigida Canonicamente em 1º de julho de 1967



Nossos encontros fraternos acontecem nos 2º e 4º domingos do mês, de 08:30 às 12:00 horas. Nos reunimos em nossa Sede após a Missa das 08:30 nos 2º domingos e nos 4º domingos nos reunimos em nossa Sede às 08:30 e às 11 horas temos a Santa Missa.

terça-feira, 26 de julho de 2011

Santos Joaquim e Ana, pais de Maria - O TEMA DOS AVÓS


Santos Joaquim e Ana, pais de Maria
O TEMA DOS AVÓS

Eclesiástico 44, 1.10-15; Mateus 13, 16-17
Joaquim e Ana, pais da mãe de Jesus, são considerados os patronos celestes dos avós e mesmo dos bisavós. Propomo-nos a fazer uma reflexão muito singela a respeito da figura dos avós.
Desfila diante de nossos olhos  uma variada e rica galeria de perfis de avós.
Esta mulher e este homem esperaram muito tempo para que sua filha única resolvesse se casar e principalmente aceitasse ficar grávida.  Sabemos como são as coisas em nossos dias. A mocinha fez faculdade de comércio exterior e anda viajando pelos países a União Europeia a serviço de nosso Ministério das Relações Exteriores. Adiou por muito tempo a eventual chegada de um filho. Quando já tinha trinta e cinco anos deu à luz a duas meninas gêmeas  Paola e  Gina.  E os  avós ficaram muito felizes.  Vivem carregando no colo uma e outra.  Torcem para que sua filha tenha muitas missões no exterior, que viaje toda hora para Bruxelas ou Berlim para que os avós fiquem cuidando das netas.  Claro que eles precisam ter plena consciência de que são avós e não os pais.
Aquela senhora era avó e mãe de seu neto.  Sua filha, desajuizada, teve um filho de qualquer jeito, sem lenço, sem documento, sem projeto.  E depois esta mãe da criança foi pelo mundo afora e Maicol,  assim se chamou a menino, ficou com a avó, que foi para ele avó, avô, mãe, pai, tio e tudo o que uma pessoa tem direito a ter.  Escutei dizer que o menino já é sargento no quartel da Vila Jandira. 
A avó deu vida à sua vida  com esse Maicol... embora lamentasse as loucuras da filha tresloucada. Devo dizer que essa avó é uma mulher muito feliz. Aquele avô está sem possibilidade de se locomover. Permanece em casa e os netos gostam de conversar com o vô  que foi locutor esportivo de uma emissora carioca.  Ele conhecia muitas histórias sobre times, copas do mundo, campeonatos brasileiros. Os netos, agora já rapazes,  vivem entrevistando o homem a respeito de jogadores e locutores, Garrincha, Tostão, Nilton Santos, Jorge Cury, Antônio Cordeiro e mesmo Ary Barroso...O dia em que ele morrer vai fazer  muita falta...
Que festa bonita foi aquela das bodas de ouro dos avós... Houve missa na igreja de São Francisco e festa alegre no salão do prédio onde eles moram.  A neta mais velha, professora de literatura antiga na universidade, entrou com o avô. O neto mais novo, de doze anos, levou a avó até o altar. Na hora da bênção final da missa o padre chamou  todo mundo e houve abraços apertados, beijos, afagos, lágrimas e muito carinho naquele dia das bodas de ouro  dessa coisa deliciosa que chamamos de avô e de avó.
Muitos pais batizados na Igreja católica  não praticam mais a fé e não cuidam de educar os filhos na fé. É com os avós que muitas crianças aprendem as coisas do Evangelho e vontade de serem discípulos de  Jesus.          
Que São Joaquim e Sant’Ana intercedam por todos os avós da face da terra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário