Fraternidade São Francisco de Assis

Fraternidade de São Francisco de Assis

Rua Costa Ferraz, 38, Rio Comprido, RJ
Tel: 2273-9761 / 2273-8387
e-mail: ofs.riocomprido@hotmail.com

Erigida Canonicamente em 1º de julho de 1967



Nossos encontros fraternos acontecem nos 2º e 4º domingos do mês, de 08:30 às 12:00 horas. Nos reunimos em nossa Sede após a Missa das 08:30 nos 2º domingos e nos 4º domingos nos reunimos em nossa Sede às 08:30 e às 11 horas temos a Santa Missa.

terça-feira, 2 de agosto de 2011




O que é puro?
Leitura Orante

Mt 15,1-2.10-14

Alguns fariseus e escribas vindos de Jerusalém dirigiram-se a Jesus perguntando: "Por que os teus discípulos desobedecem à tradição dos antigos? Eles não lavam as mãos quando vão comer!". Jesus chamou a multidão e disse: "Escutai e compreendei. O que torna alguém impuro não é o que entra pela boca, mas o que sai da boca, isso é que o torna impuro". Então os discípulos se aproximaram e disseram-lhe: "Sabes que os fariseus ficaram indignados ao ouvir as tuas palavras?" Ele respondeu: "Toda planta que não foi plantada pelo meu Pai celeste será arrancada. Deixai-os! São cegos guiando cegos. Ora, se um cego guia outro cego, os dois caem no buraco". 


Leitura Orante 
Preparo-me para a Leitura Orante rezando com todos os internautas, a oração do bem-aventurado Alberione: 
Em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo. Amém. 
A vós, Espírito santificador, 
consagro a minha vontade; 
guiai-me na vontade de Deus 

1. Leitura (Verdade) 
O que a Palavra diz? 
Leio, na Bíblia, o texto do dia: Mt 15,1-2.10-14. 
A pureza legal dos fariseus e escribas pretendia medir o valor de uma doutrina e sua prática. Sobre isto eles questionam Jesus. Jesus se serve deste questionamento para expor com calreza o seu ensinamento. "O que torna alguém impuro não é o que entra pela boca, mas o que sai da boca, isso é que o torna impuro". Isto deixou indignados os fariseus, como perceberam os discípulos. E o Mestre diz que eles "são cegos guiando cegos". 


2. Meditação (Caminho) 
O que a Palavra diz pra mim? Como vivo a minha fé? Repito as tradições? Quero que as outras pessoas sigam o meu padrão? Que rezem do meu jeito, que sigam determinadas fórmulas .... Ou sou livre como Jesus para fazer o bem sempre? Como disseram os bispos, em Aparecida, hoje também há certas posturas radicais e reducionistas que dificultam a clareza da fé cristã: "Lamentamos, seja algumas tentativas de voltar a um certo tipo de eclesiologia e espiritualidade contrárias à renovação do Concílio Vaticano II, seja algumas leituras e aplicações reducionistas da renovação conciliar; lamentamos a ausência de uma autêntica obediência e do exercício evangélico da autoridade, das infidelidades à doutrina, à moral e à comunhão, nossas débeis vivências da opção preferencial pelos pobres, não poucas recaídas secularizantes na vida consagrada influenciada por uma antropologia meramente sociológica e não evangélica. Tal como manifestou o Santo Padre no Discurso Inaugural de nossa Conferência: "percebe-se um certo enfraquecimento da vida cristã no conjunto da sociedade e do próprio pertencimento à Igreja Católica"(DAp 100,b). 

3. Oração (Vida) 
- O que a Palavra me leva a dizer a Deus? 
Assumindo o jeito de viver do Mestre Divino, rezo com São Patrício: 
Cristo comigo, Cristo à minha frente, Cristo atrás de mim, Cristo em mim, 
Cristo à minha direita, Cristo à minha esquerda, 
Cristo ao me deitar, 
Cristo ao me sentar, 
Cristo ao me levantar, 
Cristo no coração de todos os que pensarem em mim, 
Cristo na boca de todos que falarem em mim, 
Cristo em todos os olhos que me virem, 
Cristo em todos os ouvidos que me ouvirem. 

4. Contemplação (Vida) 
- Qual o meu novo olhar a partir da Palavra? 
A partir da prática de Jesus, vou viver hoje com coerência cristã e rejeitar toda hipocrisia. 
Bênção 
- Deus nos abençoe e nos guarde. Amém. 
- Ele nos mostre a sua face e se compadeça de nós. Amém. 
-Volte para nós o seu olhar e nos dê a sua paz. Amém. 
- Abençoe-nos Deus misericordioso, Pai e Filho e Espírito Santo. Amém. 
Irmã Patrícia Silva, fsp

Fonte: paulinas.org.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário